4 erros com impostos que a sua empresa deve evitar

Não existe empresário algum que diga “Eu gosto de pagar impostos”

Os empresários, reclamam por tudo e por nada, vêem problemas em tudo, e parece que estão constantemente a promover a desgraça do seu negócio. Afinal, estamos simplesmente a falar de impostos.

Sobre impostos existem 4 erros que os empresários devem sempre evitar

1º – Falta de informação

Saber sempre o que estão a pagar. Os empresários (sobretudo os micro e médios) pagam impostos e não sabem o que estão a pagar, têm muita falta de informação. O contabilista informa-os dos valores e prazos para pagamentos e os empresários limitam-se a pagar. Se percebessem um pouco dos impostos que pagam, tinham uma visão diferente do seu próprio negócio.

2º – Preços dos produtos ou serviços comercializados

O valor fixado nos produtos ou serviços que vendem estão muitas vezes errados. Como os empresários (os micro e alguns médios) não sabem nem conhecem os impostos que pagam, é frequente as margens de comercialização não suportarem estes valores (de impostos) a entregar aos estado. A asneira torna-se mais grave quando fixam os seus preços tendo em conta os da concorrência.

3º – Planeamento fiscal

Planeamento fiscal inexistente na empresa. Sem planeamento não é possível a nenhum empresário perceber, o como, o quando e o porquê dos impostos e ainda perceber quais os benefícios fiscais disponíveis para o seu próprio negócio.

4º – Laxismo

Antigamente o sistema de cobrança de impostos era pouco eficiente e os empresários, sabendo disso, não faziam os devidos pagamentos esperando pela sua prescrição. Muitos empresários adotaram esta forma de atuação tornando-se um hábito difícil de contrariar e ainda hoje alguns continuam com esta forma de pensar.

Hoje os impostos não caducam e se a empresa não tem dinheiro para os pagar é um grande sinal de alerta para a falência da mesma.

Conclusão

Não vale a pena “chorar”. Os impostos são uma realidade e estão para ficar. Empresas e empresários terão que incluí-los sempre nos seus modelos e planos de negócios. Se houver dificuldades existem sempre especialistas que os poderão ajudar.

Afinal como diz Philip Kotler :

“As empresas prestam demasiada atenção ao custo de fazer algo. Deviam preocupar-se mais com o custo de não o fazer.”

O que acha? É daqueles que está sempre a reclamar?

Gostou? Deixe-nos a sua opinião

Quer receber mais conteúdos como este?

Registe-se AGORA e leia comodamente no seu email todos os nossos artigos

Faça crescer a sua empresa

Sabe quem está dispensado de emitir fatura?

Sabia que existem atividades que estão dispensadas de emitir faturas? Sempre que um comerciante pratique um ato de comércio, ou…

Como criar uma empresa

Teve uma boa ideia de negócio? Está diante de uma boa oportunidade para mudar o seu rumo profissional? Óptimo, não…

Vendas nas empresas, como estão as suas?

As empresas existem para rentabilizar os capitais próprios dos seus sócios ou accionistas, através dos lucros. Os lucros, só poderão…

Segurança Social: Acumulação de atividade independente com trabalhador por conta de outrem

Existem algumas isenções de contribuições para a segurança social de trabalhadores que exercem uma atividade independente (recibos verdes): Primeiros dozes…