Mercedes ou bicicleta! Qual prefere para a sua empresa?

Troque o seu Mercedes de trabalho por uma Bicicleta. Além dos óbvios benefícios para a saúde, a sua empresa seguramente vai crescer. Não acredita?

A sua empresa comprou-lhe um carro? Uau … que bom

Quantos empresários ou gerentes de pequenas empresas conhece com lindos mercedes nas mãos? Muitos, certamente. Somos um país de aparências. O problema é o custo que esses veículos têm para essas empresas, que na maioria das vezes, se apresentam frágeis financeiramente.

E o uso que é dado a esses lindos mercedes? Em muitos casos, esses carros, servem simplesmente para uso particular do seu utilizador, e para curtas deslocações casa, trabalho e vice versa.

Troque já o seu Mercedes por uma Bicicleta, tem muitos benefícios:

  1. Financeiros: os euros poupados darão para a empresa investir em ativos produtivos e assim capitalizar recursos.
  2. Ambiente: deslocando-se em veículos “verdes”, está a contribuir para uma redução da poluição e um melhor ambiente para as gerações futuras.
  3. Saúde: ao pedalar de casa para o trabalho e do trabalho para casa vai poupar uns euros em ginásios.
  4. Fiscais: aqui vai assistir a uma extraordinária poupança. Os veículos automóveis em portugal têm uma assustadora carga fiscal. Quando compra um mercedes por 50.000€, na realidade, está a comprar duas coisas distintas: um carro por 25000€ e um imposto por 25000€. Além da compra, existe ainda, toda a sua manutenção que fica ainda mais cara por o veículo pertencer a uma empresa: a) Tributações autónomas – este imposto, que podemos chamar de um complemente de IRC, tem constituído uma boa fonte de receita para o estado e como tal, todos os anos, as taxas de tributações autónomas têm vindo a subir. Para estar sujeito a este imposto, basta ter um veículo ligeiro de passageiros na empresa. Ele incide sobre os gastos do mesmo e é sempre pago, tenha a empresa lucros ou prejuízos. A título de exemplo, um veículo ligeiro de passageiros com um custo de aquisição a rondar os 40.000€ poderá ao fim de cada ano pagar cerca de 2000€ em tributações autónomas; b) Iva – imposto sobre o valor acrescentado – em veículos ligeiros de passageiros o iva da compra não é dedutível. Só o valor deste iva daria para a empresa comprar uma frota de bicicletas, com o iva da compra das bicicletas a poder ser deduzido. Já pensou nisso? Veja aqui mais informações sobro o direito à dedução de iva na compra de bicicleta em nome da empresa.

Em Conclusão

Utilize na empresa aquilo que realmente ela precisa.

A empresa vai crescer e quando ela for grande, aí, vai com toda a certeza, comprar o seu lindo Ferrari.

Gostou? Deixe-nos a sua opinião

Quer receber mais conteúdos como este?

Registe-se AGORA e leia comodamente no seu email todos os nossos artigos

Faça crescer a sua empresa

Contrato de trabalho em Part Time. Sim ou Não?

Porquê o contrato de trabalho em tempo parcial? O regime de contratação a tempo parcial (Part Time) é um mecanismo…

Como criar uma empresa

Teve uma boa ideia de negócio? Está diante de uma boa oportunidade para mudar o seu rumo profissional? Óptimo, não…

Será mesmo ” Só um tipo muito estúpido é que tem uma empresa “

Foi publicada recentemente no Jornaldenegocios.pt, uma notícia a falar sobre os corajosos que um dia decidiram deixar de enriquecer os…

Quais as principais diferenças entre ENI e Sociedade unipessoal

No momento de arranque de novos negócios, muitos potenciais empresários têm dúvidas sobre qual a melhor forma jurídica a adoptar…